sábado, 3 de outubro de 2009

Concurso Arte Voadeira "O Que Me Inspira Delicadeza..."


Queridos amigos que acompanham este espaço, é com muito prazer que lhes convido a participar de nosso 1° Concurso "O Que Me Inspira Delicadeza...".



A melhor frase irá ganhar uma aquarela original pintada por mim, 30x25cm, em papel especial, personalizada de acordo com o tema proposto ganhador.



Deixe registrado seu texto aqui em "comentários", com até 6 linhas.

Os comentários serão liberados após aprovação, então demora um pouquinho para aparecer aqui, mas todos constarão. Não precisa enviar duas vezes, ok?!



O encerramento será dia 15 de novembro de 2.009.



O envio será por minha conta dentro do território nacional.



Inspire-se e escreva!



Boa sorte!!!



Beijos



Adriana Carvalho

11 comentários:

Emanuel disse...

Jogar cartas. Misturá-las, envolvê-las em minhas mãos, enquanto elas tecem o (meu o teu) destino. E Ver o que elas dizem e o que elas querem dizer. E, sobretudo, o que elas escondem ou desejam silenciar...

Indra disse...

hummmmm, um bebe dormindo tranquilinho depois de um banho gostoso... Betunias num canteiro, tão frágeis, tão lindas... e cortinas esvoaçantes levinhas numa tarde morna de verão! Todas essas imagens me inpiram delicadeza!

Sarah disse...

o passo do gato, sutil sobre meu ombro deitado, roçando o pelo no rosto como se dissesse que nada é importante nessa hora, senão os gatos.

F O W L disse...

Enquanto a bela garota desenhava
com seus gis de cera, eu apreciava
o lindo ceu dourado e o sol a se pôr
Enquanto o cheio da noite ja vinha
A recarga do sono ja começava
Havia eletricidade no ar!

Mi disse...

" O que me inspira delicadeza é o cuidar da mãe e seu olhar terno cheio de carinho sob seu ninho.."

Ju disse...

O despertar do sol banhando o mar, o rastro prateado da lua, o sorriso da minha filha, o olhar doce de Kelly, arco iris, rosas, jasmins, manjerição, cheiro de pão saindo do forno e amigos verdadeiros...

violett disse...

Dente de Leão, bravo como o nome,
Simples como é em sua forma de ser
Tão delicada que não faz jus ao nome
Em tão delicada forma de ser que vem ao vento se perder

Tão humilde que sua morada é o campo.
Uma morada tão simples, mas vasto e grande.
A morada de um leão sem dente.
Onde o vento vem deitar, um pouco e tanto.

Sua delicadeza chega a tanto,
Que se vem o vento à tocar
Ela simplesmente se desfas
Dando vida à outras mais.

Onde aqui jas, Dente de Leão
Aqui jas suas sementes,
Plantadas em um campo
Onde aqui sua morada.

De um Dente de Leão
Passa o tempo e vai
Com o vento jamais
Com o tempo um campo de algodão.

violett disse...

Um dente de leão, no campo vive
Tão humilde em sua forma de ser
Se vem o vento te tocar, logo se desfaz. De tão frágil que se é!
Ao se encontrar com o suave vento,
Com o vento se vai para suas sementes ficar.

Adriana Carvalho disse...

Queridos amigos, encerramos o Concurso ontem com 7 participantes. Os resultados serão divulgados neste sábado 21.11.2009, após análise de 7 jurados escolhidos à dedo, dentre eles poetas. Eu mesma não faço parte do júri, o que para mim é um alívio, porque TODAS ficaram maravilhosas, deliciosas de se ilustrar e seria super difícil escolher apenas uma...mas enfim, é a regra.
Agradeço de coração a participação de todos!!!
Até sábado então...
Beijos em seus corações iluminados.

Adriana Carvalho disse...

Violett,
como a regra era escrever no máximo 6 linhas, vou considerar apenas a primeira estrofe de seu poema, ok?!
Beijos

Adriana Carvalho disse...

Caríssimo amigos, a escolha já foi feita e devo dizer que tive que convidar mais 3 pessoas para decidir quem seria o ganhador deste Concurso, simplesmente porque - por incrível que pareça -TODOS foram votados!
Realmente foi difícil escolher, mas vamos lá!
A ganhadora do 1° Concurso Arte Voadeira é Viollet com seu poema "Dente de Leão".
Parabéns Viollet!Aguardo seu e-mail com seus dados para envio de sua ilustração.
Aos demais participantes, mais uma vez muito obrigada pela participação.
Beijos,